Portal G1 da Globo

Portal G1O Portal G1.com da Rede Globo está completando 10 anos segundo o Wikipedia e hoje é um dos canais de notícias mais visitados do Brasil com dezenas de milhões de visitantes por mês. É realmente um número impressionante e obviamente que tanta audiência gera dinheiro, principalmente, com anúncios publicitários.

Muitas empresas tem interesse em anunciar na TV Globo e também no Portal G1 porque sabem que a sua marca ficará exposta diante de milhões de telespectadores e conseguirão realizar vendas de seus produtos e serviços. Mesmo que não seja uma audiência bem segmentada como, por exemplo, o Google ou Facebook, ainda assim pela quantidade, a empresa acaba fazendo boas vendas ou, no mínimo, tornando a sua empresa mais conhecida.

É por esse motivo que os principais programas de televisão costumam ganhar dinheiro com patrocinadores que enxergam esse potencial. O G1.com, provavelmente, deve gerar milhões de reais por ano dessa maneira e não preciso nem dizer que é um negócio bastante lucrativo. Com este faturamento, eles conseguem manter uma estrutura bastante robusta de equipamentos de última geração e também contratar profissionais bem qualificados que estão diariamente postando novos conteúdos no site.

É uma estrutura cara, mas olhando o faturamento que se gera, o investimento vale a pena e o negócio é bastante sustentável no médio e longo prazo. A variedade de conteúdo postado no G1 é muito grande e vai desde culinária, moda, entretenimento, esportes, notícias em geral e muitos outros. São dezenas de novas postagens todos os dias e a cobertura é de 24 horas.

Sempre quando eu fico sem fazer nada fuçando a internet, eu olho notícias e parece que há novidades até de madrugada. Quando há eventos esportivos, aí o ritmo de trabalho aumenta e o conteúdo também. Estamos perto das Olimpíadas no Rio e a equipe já está se preparando para cobrir o evento em todas as modalidades.

No ano passado, eu vi o site e, infelizmente, nem todos os esportes recebem a devida atenção. Por exemplo, o tênis de mesa (que sou fã) não costuma ser coberto de forma adequada e sempre postam apenas o resumo do que aconteceu. Queria que tivesse a cobertura na TV ou internet dos jogos, mas eles perdem espaço para modalidades mais populares como natação e ginástica.

Bem, esta é a minha opinião sobre o portal G1 e espero que tenha gostado. Certamente, ela é a líder do mercado de notícias no Brasil e tem muito a crescer ainda.

Se você quiser que eu comente algum assunto específico, deixe uma mensagem nos comentários que farei o possível para atender vocês. Não é fácil acompanhar todos os emails que recebo, mas estou me esforçando para criar um blog bem legal e, quem sabe, também ganhar dinheiro com isso…hehe!

Por enquanto é só pessoal! 🙂

Veja a Galinha Pintadinha completo neste site!

Galinha PintadinhaO que era um projeto piloto no início, se transformou em um dos maiores fenômenos do Youtube e caso de sucesso no mercado infantil. Depois de ler esta reportagem da Época Negócios,  percebi como é importante acreditar na sua ideia e trabalhar duro para fazer essa visão se transformar em realidade.

Para variar, o início foi difícil. Os criadores tentaram convencer empresas a investirem no projeto mostrando o potencial que havia naquele mercado. Ninguém quis investir porque não achavam que era tão atraente assim. Depois de serem rejeitados inúmeras vezes, eles decidiram começar o projeto da forma mais barata possível e foi assim que resolveram iniciar um canal no Youtube.

Este seria um teste para saber se a Galinha Pintadinha teria uma boa aceitação junto ao público ou se as pessoas que rejeitaram a ideia realmente tinham razão. O primeiro vídeo foi lançado há mais de 6 anos e fez um sucesso que nem os criados conseguiam acreditar. Em relativamente pouco tempo, já havia milhões de visualizações e as crianças simplesmente adoravam a animação.

Os pais, por outro lado, não entendiam o motivo dos seus filhos gostarem tanto de um desenho que parecia ser bobo e, por isso, muitos descurtiram o vídeo (veja as estatísticas para entender o que estou falando). Apesar dessa aparência não tão boa, isto não impediu o sucesso e a viralização aconteceu de forma natural.

Por algum motivo estranho que ninguém consegue entender, as crianças simplesmente ficaram viciadas nos vídeos da Galinha Pintadinha e esta era a única forma de fazê-las acalmarem e ficarem quietas sem fazer bagunça. Era como se fosse uma magia que só atingia as crianças. Veja aqui a Galinha Pintadinha completo com todos os vídeos das séries que foram lançadas até hoje e tente entender…hehe!

No final, os criadores mantiveram firmes e continuaram gerando mais conteúdo no canal e a quantidade de fãs só aumentou ao longo do tempo. Hoje, o canal possui mais de 5 milhões de assinantes e se tornou um dos principais meios de divulgar os produtos da marca, que são vendidos não só na loja virtual oficial como também por meio de parceiros da rede de varejo.

São diversos produtos licenciados como material escolar, roupas, DVDs, tema de festa e muito mais.  Os criados faturaram milhões e hoje aparecem em revistas de negócios e empreendedorismo como casos de sucesso na internet.

Isto prova que mesmo que não haja ninguém que acredite na sua ideia, se você realmente tiver espírito empreendedor e vontade de criar o seu negócio, irá continuar a jornada e persistir. É nesta fase que a maioria desiste e se torna apenas mais um na multidão reclamando da vida e do chefe.

Acredite nos seus sonhos e faça acontecer! Os criadores da Galinha Pintadinha estavam na mesma situação que você e conseguiram superar com muita dedicação e trabalho duro. Depende somente de você se dedicar e tirar a ideia do papel. Sem isso, será muito difícil criar mais um caso de sucesso.

Espero ter inspirado você com esta história e deixe nos comentários o que achou desse artigo. É muito importante ouvir a sua opinião!

Gmail ou Outlook? Qual o melhor?

Que um endereço de email hoje em dia é um item fundamental na vida de qualquer pessoa, isso não é nenhuma novidade. Basicamente toda comunicação da humanidade é baseada no email ou qualquer serviço que exija um. É por esse motivo que todos os usuários iniciantes que estão começando a entrar na internet necessitam criar um email para ter acesso aos demais serviços, seja interagir nas redes sociais, fazer compras em uma loja virtual e assim por diante. Sem um email, diria que você deixará de fazer 99% de tudo o que é possível no mundo digital.

Dito isso, uma das principais dúvidas que surgem entre os principiantes na hora de criar um email é escolher entre o Gmail (https://mail.google.com) e fazer o gmail entrar login ou se deve utilizar o Outlook.com, dois dos serviços mais populares ao redor do mundo e que contam com centenas de milhões de usuários. Caso não saiba, o Outlook é a versão renovada do Hotmail, um dos pioneiros em oferecer um serviço de email gratuito e que foi adquirido pela Microsoft na década de 90.

Sinceramente, é muito difícil de avaliar com objetividade qual é o melhor entre os dois porque ambos oferecem uma série de funcionalidades e existe também uma dose de “fanatismo” pela marca entre aqueles que preferem um ao outro.

 

Analisando a capacidade de armazenamento, diria que ambos estão empatados porque o espaço disponível é praticamente infinito (1 TB = 1.000 GB) e raramente alguém irá alcançar esse limite máximo. Mesmo se você fizesse o upload do seu HD inteiro no email, ainda assim sobraria espaço para receber quantas mensagens e anexos quisesse. Por isso, em termos de armazenamento, não há diferença.

Apenas lembrando que foi o Gmail que introduziu pela primeira vez esse conceito de oferecer bastante espaço aos usuários (na época, davam 1 GB), algo inacreditável para os padrões da época. O Hotmail oferecia apenas alguns megabytes, só para efeito de comparação. O Google causou uma verdadeira revolução no mundo dos emails com o seu serviço.

Agora, quando analisamos as funcionalidades, aí que vem as diferenças porque cada empresa possui serviços diferentes integrados ao serviço de email. No caso do Gmail, a grande vantagem é que ele é automaticamente integrados à todos os serviços do Google, que incluem: Youtube, Google Docs, Google Drive, Adwords e Adsense (serviços de links e anúncios patrocinados), Webmaster Tools (específico para criadores de sites) etc.

No caso do Outlook, a integração é feita com os serviços da Microsoft, que incluem o Skype (serviço de comunicação pela internet), OneDrive (similar ao Google Drive), Office Online e muitos outros. Com apenas uma conta, você tem acesso à todos os serviços, além de usar o Windows integrado ao email. Ainda acho que o filtro de spam do Outlook.com tem as suas falhas e é menos eficiente do que o do Gmail, mas posso garantir que houve uma melhora muito grande em relação à versão anterior.

O visual é algo que prefiro não comentar porque trata-se de um gosto pessoal e é muito difícil afirmar com 100% de certeza qual é o melhor. Cada pessoa dirá algo diferente, então fica a seu critério fazer a avaliação e escolher o serviço que julgar mais agradável. Em termos de qualidade, diria que ambos estão bem pertos. Para mais informações de como entrar no Outlook , acesse: https://www.outlook.com, que é o site oficial do serviço e lá você terá todos os dados que precisa para tomar a sua decisão.

 

Independentemente da sua escolha, você estará bem servido porque ambos são muito bons e superam qualquer outro email que possa existir no Brasil, principalmente, comparado às empresas nacionais. Não recomendo nada que seja daqui porque além de ser muito feio visualmente, é ineficiente e limitado em diversos aspectos. Fique com um dos 2 e já será muito bom mesmo!

Veja que é muito difícil definir o melhor entre os dois porque todos os serviços são bastante úteis e grande parte das pessoas utilizam no dia a dia. Eles podem ser considerados itens essenciais nos tempos modernos.

Por isso, a recomendação é que crie uma conta tanto no Gmail quanto no Outlook para não perder nenhum serviço que queira usar no futuro e ainda um email pode servir de backup para o outro. É muito importante ter 2 emails disponíveis em casa de perda ou furto.

Espero que tenha ajudado com esta dica e nos vemos no próximo post!

Site mostra o horário de brasília em tempo real

Hora oficialTodos os compromissos em rede nacional são marcados utilizando o horário oficial do Brasil que é o de Brasília no Distrito Federal (http://www.df.gov.br/). Esta é a principal referência do país no mercado interno e externo e todos os estados seguem o mesmo padrão porque é lá que se concentra o governo brasileiro.

Durante o verão, cria-se uma diferença de 1 hora entre os estados do Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte e Nordeste porque, neste último caso, não participam da economia de energia e, por isso, não são obrigados a reajustar o relógio.

Mesmo assim, em eventos especiais como o pronunciamento do presidente da república, o horário de Brasília é sempre adotado para facilitar o entendimento de toda a população.

Esta é a típica situação em que gera-se uma confusão principalmente se você tiver algum tipo de relacionamento (seja familiar ou comercial) com outros estados. Muitas pessoas ainda dependem do relógio comum de pulso ao invés do celular para ver as horas e podem perder compromissos por uma mera falta de atenção.

Apenas lembrando que as operadoras de celular mantém esta informação atualizada em tempo real, ou seja, se você estiver viajando para outro estado que não tenha adotado o horário de verão, automaticamente, o relógio do seu smartphone será ajustado de acordo com o local. A mesma coisa acontece também para viagens internacionais caso esteja com a função roaming ligada.

Sempre que você tiver dúvidas e quiser checar qual é a hora certa do Brasil, existe um site (não sei se é do governo ou se alguém independente que criou) que mostra, em tempo real, esta informação puxando os dados dos servidores brasileiros. É 100% confiável e eu coloquei o endereço do site no link acima.

Ele é bem simples e amigável à aparelhos móveis, ou seja, você poderá entrar no site sem nenhum problema do seu smartphone, tablet ou computador. Agora você não precisará mais perguntar às pessoas do lado as horas, basta entrar no site e ver o horário oficial de Brasília.

Começando uma nova jornada!

Olá pessoal! Meu nome é Charlie Langer e este é o meu primeiro post no Cape Science, que será um blog para compartilhar dicas e novidades relacionadas ao mundo da tecnologia e internet. Já acompanho os grandes portais do exterior sobre este assunto como o Mashable (http://mashable.com/), Tech Crunch (http://techcrunch.com/) etc; e achei interessante criar uma espécie de curadoria para selecionar as melhores notícias em apenas um lugar.

Como você deve saber, existem muitas informações disponíveis na internet e o nosso cérebro recebe uma enxurrada de dados que, em grande parte dos casos, são inúteis ou pouco úteis. Como consequência, perdemos uma grande parte do nosso tempo filtrando estas informações e assimilando apenas aquilo que é relevante para nós.

Isto é um fenômeno cada vez mais comum nos tempos modernos e o nosso cérebro tem uma carga de atividade maior, o que pode gerar cansaço, estresse, falta de atenção etc. A ciência já comprovou que no médio e longo prazo, isto pode prejudicar a pessoa e é importante descansar a mente para recarregar as baterias e manter o seu cérebro fresco.

Eu mesmo perco um tempão lendo várias reportagens e sei como isto é desgastante. O meu objetivo aqui no blog é criar um espaço onde apenas as melhores notícias serão compartilhadas e, dessa maneira, você não precisará fazer aquela filtragem de informações, eu serei o responsável por fazer isso no seu lugar! 🙂

Assim, todos irão se beneficiar e eu também posso consultar o blog sempre que tiver alguma dúvida e quiser referências sobre um determinado assunto.

Não pretendo ficar famoso com o blog, mas se um dia a audiência crescer, quem sabe posso me dedicar em tempo integral nesse projeto.

Espero que curta o blog e caso queira falar comigo, basta usar o formulário disponível em Contato.

Abraço,

Charlie